ACADEMIA BRASILEIRA ROTÁRIA DE LETRAS – BAHIA

“Cultivar a memória dos Grandes Rotarianos do Passado como exemplos para os Rotarianos do Presente”.

Começar Contato

Histórico

O ex-Diretor de Rotary Internacional, Mário de Oliveira Antonino, convidou os rotarianos Geraldo Leite, Anaci Bispo Paim e Astor de Castro Pessoa para se candidatarem a membros titulares da Academia Brasileira Rotária de Letras (ABROL). Eleitos, foram empossados em 26 de agosto de 2016, durante o 39º Instituto Rotário do…

As Academias

Assim como a Idade Média criou a Universidade, a Grecia Antiga criou o termo “Academia” para designar uma escola fundada por Platão nos jardins que pertenceram ao herói Akademus. Nessa escola buscava-se o conhecimento através do questionamento e do debate. As primeiras academias do mundo moderno surgiram na França e…

Patronos

Uma das finalidades da Academia Brasileira Rotária de Letras é cultuar a memória dos rotarianos do passado, cujas vidas constituem exemplos para os rotarianos do presente. Cada membro da ABROL escolhe um companheiro falecido como Patrono e assume o compromisso de divulgar a vida e a obra do escolhido. São…

Sobre nós

A ACADEMIA BRASILEIRA ROTÁRIA DE LETRAS – REGIONAL DA BAHIA teve o início de sua implantação quando seus primeiros integrantes – Anaci Bispo Paim, Astor de Castro Pessoa e Geraldo Leite – tomaram posse na ABROL nacional.

Os Objetivos Da Academia E Os Direitos E Deveres Dos Associados

A ACADEMIA BRASILEIRA ROTÁRIA DE LETRAS – REGIONAL DA BAHIA teve o início de sua implantação quando seus primeiros integrantes — Anaci Bispo Paim, Astor de Castro Pessoa e Geraldo Leite — tomaram posse na ABROL nacional.

Seu objetivo é promover a cultura e estimular a produção literária, artística e sociocultural no ambiente rotário; construir e preservar a memória do movimento rotário, valorizar o idioma português e organizar o acervo documental de companheiros falecidos.

Seu corpo diretivo é constituído pela Assembléia Geral e a Diretora. A Assembléia Geral, composta por todos os titulares, tem a competência de eleger e empossar a Diretoria, escolher os candidatos a membros titulares, honorários, beneméritos e correspondentes; deliberar sobre alterações estatutárias, relatórios e prestações de contas; decidir sobre a dissolução ou extinção da Academia, exclusão de acadêmicos e destituição de membros da Diretoria. A Assembléia Geral reunir-se-á ordinariamente no mês de junho (para apreciar o relatório da Diretoria e julgar suas contas) e, nos anos pares, eleger e empossar a Diretoria.

Os membros titulares além de participar das atividades do sodalício podem votar e ser votado para cargos diretivos, propor a admissão e exclusão de associados e a realização de reuniões especiais e Assembléias Extraordinárias.

Aos acadêmicos cabe respeitar e fazer respeitar o Estatuto, o Regimento Geral e as Resoluções da Academia; zelar pelo conceito e a imagem pública da Instituição, desempenhar as atribuições confiadas pela Diretoria e organizar a documentação referente a vida e a obra dos grandes vultos rotários.

Fique Informado

Últimas Notícias